Este espaço é dos alunos da turma D do 11º ano da Escola Secundária de Emídio Navarro em Viseu e está inserido na disciplina de Física e Química A. Nele se escreverá sobre assuntos relacionados com a Física e com a Química, mas não só.

06
Out 08

 

O sistema GPS e o funcionamento dos seus segmentos
GPS
 
GPS é a sigla de Sistema de Posicionamento Global. É um sistema de navegação, que utiliza a informação proveniente de satélites, para fornecer com precisão as coordenadas geográficas de qualquer ponto à superfície terrestre. O GPS é a evolução da bússola, do sextante, do relógio e do cronómetro, tendo todas as utilidades destes. Assim, este sistema para além de localizar geograficamente qualquer objecto, pessoa ou lugar com exactidão em qualquer parte do planeta, independentemente do estado do tempo, o que ajuda na criação de mapas e no fornecimento de informações acerca de rotas a qualquer meio de transporte, também é usado para medir tempos possuindo relógios atómicos para tal função.
 

 

Segmentos do GPS
 
O sistema GPS divide-se em três segmentos: o segmento espacial, o segmento de controlo e o segmento do utilizador.
O segmento espacial, também designado segmento aéreo ou subsistema de satélites, é formado por 24 satélites que estão distribuídos uniformemente por seis órbitas. As órbitas estão contidas em planos que fazem entre si um ângulo de 60º. Os satélites descrevem órbitas aproximadamente circulares e dão duas voltas à Terra por dia (períodos), obtêm energia a partir de painéis solares que são orientados conforme o Sol. Estes, transmitem e captam ondas electromagnéticas que têm que atravessar a atmosfera terrestre, fornecendo dados referentes à posição e ao tempo. Para calcular a posição exacta de um qualquer ponto é apenas necessária a informação de três satélites mas, por uma questão de sincronização e exactidão, acrescenta-se a informação de um quarto.
O segmento de controlo é constituído por cinco estações terrestres que enviam informação aos satélites para controlarem a sua posição e velocidade, e para acertarem os seus relógios de forma a que o tempo marcado em ambos seja equitativo. A composição da atmosfera, na ionosfera e na troposfera, altera a velocidade de propagação das ondas electromagnéticas o que produz erros no sistema, cabe a estas estações controlar ao máximo o erro.
Os segmentos do utilizador dizem respeito aos receptores de GPS e aos seus utilizadores. Estes são receptores com uma unidade de processamento capaz de descodificar, em tempo real, a informação enviada por cada satélite e calcular a posição, já que cada satélite envia sinais diferentes em intervalos de tempo diferentes, permitem também trocar dados com outros receptores ou computadores e disponibilizam mapas detalhados, os quais permitem obter a melhor rota e visualizar as coordenadas de qualquer ponto.
publicado por Dora Catarina às 20:43

Outubro 2008
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4

5
6
7
8
9
10

14
15
16
17
18

19
20
21
22
24
25

26
28
29
30
31


arquivos
pesquisar neste blog
 
Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

blogs SAPO